Como posso proteger meu negócio de eventuais demandas judiciais e prejuízos?

Empreender no Brasil não é uma fácil tarefa. Estima-se que, segundo informações divulgadas pelo SEBRAE em 2018, uma em quatro empresas encerra as atividades antes de completar dois anos. 

Sendo assim, como é possível proteger o negócio de eventuais demandas judiciais? Confira a seguir.

Como posso proteger meu negócio de eventuais demandas judiciais e prejuízos?

Conforme inicialmente destacado, muitas empresas fecham as portas antes de completarem dois anos de atividade. Tal fato ocorre porque suportam prejuízos não previstos e por ausência de medidas preventivas. 

Além da gestão financeira empresarial, é imprescindível que as empresas adotem ações para prevenir eventuais demandas judiciais. Mas como?

Em geral, o impacto financeiro negativo diz respeito às falhas em relações contratuais civis, trabalhistas e em questões fiscais. São inúmeras leis existentes que devem ser analisadas pelas empresas antecipadamente, sendo que o desconhecimento das normas possibilita muitas vezes que detalhes não sejam notados na tomada de atitudes,  influenciando na existência de litígios futuros.

Alguns exemplos:

  • Contratos mal elaborados com falhas na interpretação das cláusulas;
  • Débitos trabalhistas por inobservância das normas que regulam os contratos de trabalho; e,
  • Débitos fiscais.

Por tais razões, em geral, os empresários buscam advogados para os defenderem judicialmente, após a citação. Contudo, é importante ressaltar que a orientação e consultoria empresarial por um advogado especializado trará grandes benefícios ao negócio, garantindo que situações não previsíveis sejam constatadas previamente, evitando que conflitos sejam levados ao Poder Judiciário para resolução. 

A partir dessa premissa, é altamente recomendável a inserção do programa de “compliance” e ética empresarial, o qual estabelece medidas de gestão e organização corporativa, com base em regulamentos e leis existentes.

Ou seja, por meio de um planejamento jurídico amplo, abarcando todas as questões que envolvem a estrutura do empreendimento, consequentemente evitará eventuais demandas judiciais. 

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário no espaço abaixo para continuarmos a conversa. Se preferir, entre em contato conosco pelo WhatsApp clicando aqui, ou ligando para o telefone (11) 2348-5121. Será um prazer orientar você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba

R Padre Anchieta, n° 2.285, cj.1006 – Curitiba/PR 

São Paulo

Rua George Ohm, n° 230, cj. 101 B – São Paulo/SP

Contato

(41) 98881-3923

contato@canutto.com

Atendimento

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00

© 2019 Canutto Advogados – Todos direitos reservados. Desenvolvido por 3MIND

Open chat