Qual é a importância de uma boa gestão financeira para pequenas e médias empresas?

Neste texto, comentamos sobre as principais funções da Administração Financeira e as primeiras providências que as Pequenas e Médias Empresas devem tomar em relação às Finanças. 

A Gestão Financeira é um trabalho contínuo de planejamento, análise e controle, com objetivo de maximizar os resultados e aumentar patrimônio e gerar lucro em suas atividades. 

Entretanto, Pequenas e Médias Empresas normalmente deixam de realizar uma Gestão Financeira adequada, por não perceberem a importância de uma correta Administração Financeira, no tocante à visualização da situação atual da empresa e que registros reais e adequados permitem análises efetivas e colaboraram com o planejamento, otimizando os resultados. Seguem, portanto, alguns aspectos que podemos ressaltar ao se fazer uma boa administração financeira voltada para pequenas e médias empresas:

  • Análise e negociação da captação dos recursos financeiros, além de fazer a sua correta aplicação. 
  • Análise dos Resultados e planejamento financeiros para as ações de melhorias necessárias. 
  • Controle correto dos recebimentos e dos pagamentos, garantindo a melhor gestão do saldo de caixa. 
  • Análise da concessão de crédito à clientes e administração das cobranças sobre os créditos concedidos. 
  • Controle sobre as contas a receber e as a pagar, bem como despesas operacionais e impostos. 

Em contrapartida, uma administração financeira ausente ou ineficiente, pode acarretar os seguintes problemas: 

  • A falta de um demonstrativo de resultados gera uma consequente ausência de percepção da empresa sobre o lucro ou prejuízo em suas atividades operacionais. 
  • O registro inadequado das transações realizadas, gera a falta de informações corretas sobre valor dos estoques de mercadorias e do contas a pagar e a receber, saldo do caixa, volume de despesas fixas e financeiras. 
  • Não elaborar um fluxo de caixa e um controle do movimento diário acarreta a falta de conhecimento correto sobre o volume e origem dos recebimentos, bem como o volume e o destino dos pagamentos. 
  • A impossibilidade de administrar adequadamente o capital de giro, uma vez que desconhece seu ciclo financeiro. 
  • O desconhecimento dos seus custos e despesas faz com que não se calcule corretamente o preço de venda. 
  • Falta de controle sobre a retirada de pró-labore dos sócios, uma vez que não se determina um valor esta remuneração. 

Sem uma boa administração financeira, não é possível elaborar um balanço patrimonial e, consequentemente, saber o valor correto do patrimônio da empresa. 

As empresas se preocupam em iniciar suas atividades com pessoas que trabalharam em alguns setores da economia, com conhecimentos específicos para a atividade da empresa. Nesses casos, poucas pessoas são experientes em administração financeira, o que interfere nos resultados. Em outros casos, muitos negócios começam pequenos e conforme se desenvolvem, a administração financeira não consegue acompanhar o crescimento pois os gestores não detém os conhecimentos necessários e se envolvem mais nas atividades operacionais. 

Nós, do escritório FS Canutto, seguiremos compartilhando informações importantes durante este período, alertando sobre possíveis mudanças, leis e impactos na economia. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba

R Padre Anchieta, n° 2.285, cj.1006 – Curitiba/PR 

São Paulo

Rua George Ohm, n° 230, cj. 101 B – São Paulo/SP

Contato

(41) 98881-3923

contato@canutto.com

Atendimento

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00

© 2019 Canutto Advogados – Todos direitos reservados. Desenvolvido por 3MIND

Open chat